2º termo produz fotos de casamento em Projeto Integrador

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

11/11/2019 às 14:51
Daniel Alvarez e Luana Souza

Para a produção das fotografias foram feitos casamentos simulados com modelos (Imagem Cedida)

Já tradicional na grade do curso de Fotografia, o Projeto Integrador une disciplinas com o objetivo de criar situações simuladas que os futuros fotógrafos irão enfrentar no mercado de trabalho. O tema central do projeto de cada termo gira em torno das disciplinas semestrais.

No segundo termo, as matérias unificadas para a realização do trabalho são: Fotografia de Casamento e Eventos, Fotografia de Retrato, Fotografia e Memória, Legislação e Direitos Autorais, Tratamento da Imagem I e Projeto Integrador II, que resultam como tema Casamento. Apesar de trabalharem como um todo, em cada etapa do trabalho uma das disciplinas é tratada como prioridade.

Antes das atividades práticas serem iniciadas, a sala foi separada em dois grupos com quatro integrantes em cada um deles. Após isso, as funções foram atribuídas, sendo elas: Primeiro Fotógrafo, Segundo Fotógrafo, Fotógrafo Detalhe e Fotógrafo Total. Para a realização do trabalho são feitas parcerias com ateliês e modelos, que servem como auxílio na simulação do casório.

Responsável pelo Projeto Integrador II, o professor Thomas Aguilera conta que esse é o segundo trabalho com o tema casamento. O docente explica que o intuito do projeto é fazer com que os estudantes tenham contato com situações que vão acontecer futuramente, quando eles já atuarem profissionalmente.

Para Thomas, o número reduzido de alunos facilitou no processo, já que na edição anterior a turma teve que ser dividida em cinco grupos. “No segundo termo de 2019 temos apenas oito discentes, então foi mais tranquilo, principalmente na questão de abordagem e de poder ensinar de uma maneira mais próxima para cada aluno”.

NA PRÁTICA

Estudante do 2º termo de Fotografia, Vinicius Ishibashi conta que o projeto integrador proporciona uma experiência muito próxima da realidade. Por já estagiar na área, ele afirma ter identificado muitas características que batem com o que ele vê na prática da profissão.

Dentre os aprendizados adquiridos por ele durante a realização do projeto, Vinicius destaca o tratamento das imagens e o direcionamento com os modelos que formam o casal. O estudante afirma que agora a turma está na fase de estruturação. “Terminamos o tratamento no Lightroom e no Photoshop, agora vamos começar a diagramação do álbum”.

FINALIZAÇÃO

Com prazo já marcado, a data de entrega do trabalho finalizado é dia 29 de novembro. O professor Thomas Aguilera diz que com as fotos será realizada uma apresentação pública, na qual os alunos vão poder convidar os familiares para que possam ver e acompanhar o que está sendo produzido pelos estudantes no âmbito acadêmico.

Os modelos que formaram os casais fictícios também vão ser convidados. Caso desejem, poderão divulgar as fotografias em suas redes sociais, assim como os donos dos ateliês de vestido e decorações que foram parceiros do projeto. Ansioso, Ishibashi torce para que gostem do trabalho. “Espero que fique bom e que todos gostem do que foi produzido por nós”.

Quem também poderá desfrutar do trabalho, é claro, são os próprios estudantes que produziram as fotografias. Para eles, fica a possibilidade de utilizar o produto final como parte do portfólio profissional para mostrar para eventuais clientes. Essa prática, segundo Aguilera, é muito comum entre os alunos e ex-alunos já formados. “Eu sei de casos de estudantes que utilizam desse material como próprio portfólio para apresentar depois de finalizar o curso”.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.