Alunos do 6º termo de Jornalismo apresentam pré-projetos às bancas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

23/05/2018 às 23:31 – Atualizado em: 14/06/2018 às 20:17 
Larissa Biassoti

Marlene Reverte

Cinco grupos apresentaram os trabalhos desenvolvimentos com temas variados

A segunda-feira é um dia sempre muito questionado, uns não gostam, ainda estão com o ânimo do fim de semana e outros já veem como uma oportunidade de volta a rotina, aos trabalhos.  Para os estudantes do 6º termo de Jornalismo noturno, esse misto de emoções não foi diferente! Divididos entre a ansiedade e o alívio os alunos apresentaram os pré-projetos do TCC (21/05) para a banca composta pelos professores da Facopp.

De acordo com a supervisora de TCC Maria Luisa Hoffmann, os trabalhos deste ano fogem das propostas que são recorrentes na universidade. “Os pré-projetos são novos e quando você parte do zero não tem referência para se apoiar, ainda mais na área da pesquisa, mas o bacana que é as ideias não são comuns, elas possuem temáticas diferentes“, conclui Maria Luisa.

No total, cinco grupos fizeram a exposição dos trabalhos. Os primeiros a tomarem a frente foram Ricardo Zuniga e Marcelo Augusto Dos Santos com o tema “Radiodocumentário sobre a migração da Rádio Onda Viva de AM para FM e suas mídias digitais”. Os professores da banca eram Maria Luisa Hoffmann, Rogério do Amaral, Giselle Tomé, Homéro Ferreira e Roberto Mancuzo.

O segundo pré-projeto apresentado foi o “Jornalismo Empresarial: As diversidades no ambiente interno”, formados pelos alunos Giovana de Souza Machado, Hayani Gomes De Oliveira, Hingred Karoline Gomes De Oliveira, Isabella Satiro Coelho e Rafael Carlos Dias da Silva. A banca foi composta pelos docentes Maria Luisa Hoffmann, Rogério do Amaral, Giselle Tomé, Homéro Ferreira e Roberto Mancuzo.

Giovana de Souza Machado conta que o grupo teve dificuldades para encontrar embasamento teórico. “Nunca foi tratado esse assunto na Facopp e também os dados são escassos, porque é a LGBTfobia é uma discussão que está em crescimento e isso dentro do jornalismo empresarial é mais difícil ainda de achar”, afirma.

“A representatividade estadual e identidade política de Presidente Prudente analisada por meio de três figuras políticas”foi o tema apresentado logo em sequência pelos estudantes Alessandro C. Gomes Quintana Dias, Daniela Barbosa de Oliveira, Guilherme José dos S. Miranda, Marcelo A. Teixeira Abujamra e Wellington José P. Costa. Na banca, estavam os professores Maria Luisa Hoffmann, Rogério do Amaral, Giselle Tomé, Luiz Dale e Roberto Mancuzo.

O aluno Wellington Costa fala que chegar até as fontes não foi fácil, pelo fato deles serem políticos e viajarem com frequência, mas que apesar disso está satisfeito. “Nós só conseguimos pegar os documentos porque trabalhamos o tempo todo em equipe. Apesar das correções que vamos ter que fazer e uma possível troca na escolha do produto final, o frio na barriga passou,” conta aliviado.

A dupla Jéssica Vanessa Alves Garcia e Virginia Faustino Cruz defenderam sobre a “Fotografia institucional do setor da saúde de uma instituição no município de Presidente Prudente”. Quem compôs a banca foram Maria Luisa Hoffmann, Luiz Dale, Thaisa Bacco, Carolina Mancuzo e Fabiana Alves.

O último grupo a se apresentar foi dos alunos Clara Dias Nascimento, Ingrid F.Tomimitsu, Letícia Vieira De Araújo Prieto, Matheus Honorio da Silva, Pamela Liberato Teodoro e Thais Aparecida dos S. Da Silva em que apresentaram o tema “Catalogação: Preservação da memória histórica do telejornalismo Prudentino”.  Tiveram como banca os docentes Maria Luisa Hoffmann, Luiz Dale, Thaisa Bacco, Carolina Mancuzo e Fabiana Alves.

“Foram seis meses para montar o pré-projeto, com tantos critérios e detalhes, principalmente por querermos catalogar por enquanto 37 equipamentos, entre tv, câmeras, monitores, mesa de corte e afins, então é adrenalina total”, conta  Matheus Honório em meio a risos de desespero e gratidão. Ele ainda diz que a qualificação está apenas no começo e que são um ano e meio de aprovações, junto à peça teórica e prática no TCC que vai ser desenvolvida.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.