Banda Média7 abre a 9ª Jornada de Comunicação da Facopp

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

10/09/2018 às 22:03 – Atualizado em: 11/09/2018 às 22:55 
Heloisa Lupatini, Larissa Biassoti e Luana Souza

Jhenifer Rodrigues

Três grandes filas de Publicidade e Propaganda, Jornalismo e Fotografia, cheias de alunos, professores e convidados se formaram no Salão do Limoeiro, no Campus II da Unoeste, que lotou à espera da abertura da 9ª Jornada de Comunicação da Facopp nesta segunda-feira (10/09). 

Numa noite dedicada ao show da banda Média7, formada pelos egressos e docentes da Facopp, a coordenadora do curso de Jornalismo, Carolina Mancuzo, abriu o evento com agradecimentos, recados e também faz um convite a todos os presentes. “Nós deixamos um espaço aberto, aqui em frente ao palco para vocês dançarem com a banda, aproveitem!”

Para o professor de Publicidade e Propaganda, Alexandre Macedo, a Jornada é um momento que aproxima todos os cursos com a banda. “É uma semana de pertencimento. Essa noite é especialmente dedicada aos alunos para aproveitar as músicas e compartilhar muito conhecimento durante esses quatro dias”.

Marco Vinicius Ropelli está no 2º termo de Jornalismo e, para ele, o evento rompeu a ideia de ser algo maçante. “A abertura já mostra de que é uma faculdade que procura sempre estar em um clima leve, que dá importância sim as palestras, mas o show dá muito gás para seguir o resto da semana. Isso é só uma parte do que já acontece no dia a dia da faculdade, é o reflexo da Facopp”. 

Mauricio Brito Saraiva é estudante e tem 17 anos. Para ele, a apresentação foi a prova de que pode existir uma relação acadêmica com a comunidade. “Eu fiquei sabendo pelo Instagram, isso já mostra a abertura que se tem e é muito gostoso ver essa interação. Eu achei o show legal, as músicas são boas, são as que eu escuto, gostei do repertório”, fala.

O melhor de tudo é que, além de buscarem uma boa música, muitas pessoas chegaram com as mãos ocupadas por sacolas de brinquedos e livros para serem doados a brinquedoteca do Hospital Geral do Câncer de Presidente Prudente, uma ação que foi proposta pelo hospital em parceria com a banda.

“Fazer um show que poderia não ser gratuito, com a intenção de acarretar brinquedos é um jeito de ter mais visibilidade para as instituições e também não tem porquê eu guardar brinquedos para as próximas geradas, eu não sei se terei filhos sendo que eu posso fazer uma criança feliz agora”, considera Mauricio.

Para o docente Alexandre Macedo, é importante que seja estimulada a solidariedade. “Tanto ajudar as crianças, como a campanha do agasalho e também a doação de sangue, a gente tem pensado sempre em envolver os públicos mais necessitados e é uma iniciativa super importante para poder mostrar para a sociedade que estamos preocupados com essas causas, não só a Facopp, como outros cursos”, afirma.

 
ANIMAÇÃO! 

Com novas músicas na playlist, como Flores, Eu que não amo você, Wonderwall, assim como as já cantadas, Tempo perdido, Pais e Filhos, Zombie, entre outras, o público aplaudiu aos gritos, acompanhou as canções com as mãos balançando, com o ritmo das palmas e até as crianças que estavam presentes caíram na dança. 

Rogers Fortunato é estudante do 3º termo de Publicidade e Propaganda e entrou recentemente na banda como guitarrista. “É bastante motivador fazer algo pelo bem maior, que são as doações, e unir outra coisa que eu gosto muito, que é música. Ver a participação do pessoal, o salão lotado, foi alto astral, além da boa recepção pelo repertório ser diferente”.

O guitarrista conta que estar da Média7 é como se sentir em casa, pois há um bom entrosamento com todos os participantes. Rogers comenta que eles fizeram de três a quatro ensaios, mas que, apesar disso, tudo deu certo, pois tudo é sempre divertido.

A diversidade de faixas etárias e grupos sociais fizeram parte da plateia, alguns foram além dela e subiram ao palco junto a Média7, o que foi o caso do moto clube Boinas Pretas de Presidente Prudente e Regente Feijó que vieram prestigiar e participar do rock da Facopp.

Cerca de 20 integrantes estavam presentes, mas quem compartilhou o microfone com a banda com o André Luis Brito com a música Pet Sematary , do Ramones. “Foi muito legal participar e precisa ter essa interação mesmo entre as pessoas da faculdade, eu já fui aluno e sei como isso é importante”.

“Nunca fui em um show de rock sentado e com ar condicionado”, brinca Júlio Henrique de Melo, presidente do moto clube. Para ele, foi um prazer ver essa união e fazer parte dela.

“Nós viemos especialmente por causa das doações, o nosso moto clube faz muitas ações sociais e estamos aqui para ajudar os que mais necessitam. Acho importante, pois nós temos condição ajudar quem não tem”, diz Fernanda Hoji,  integrante da equipe.  Segundo ela, o clube chegou até o evento por meio de um post que viram nas redes sociais do professor e vocalista Rogerio Silva.

E aí, gostou na show da Média7? Então avalie a 9ª Jornada de Comunicação e ajude a Facopp a melhorar seus eventos. Bora participar!
 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.