Bolsa de intercâmbio para Londres é oferecida a alunos e egressos de Jornalismo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

28/02/2019 às 15:13 – Atualizado em: 07/03/2019 às 14:58 
Larissa Oliveira

Imagem da internet

Imagem Notícia


O sonho de muitos estudantes é fazer intercâmbio, ainda mais se tiver a oportunidade de estudar em um país com diferenças entre culturas e costumes. Pensando nisso, o programa Future News Worldwide 2019 está oferecendo uma bolsa para você aluno ou recém-graduado em Jornalismo.

Você que é um jornalista polivalente que faz de tudo um pouco, sendo repórter, escritor, blogger, trabalha com rádio ou em outro tipo de mídia, não pode perder a chance de se candidatar, as inscrições vão até o dia 21 de março.

Para participar você precisar acessar o link do evento e responder a duas questões. A primeira é sobre sua experiência na área, o que te motivou a participar e o que é apaixonado no Jornalismo. Deve ser respondida por meio de um texto de até 300 palavras, em forma de vídeo ou áudio de até dois minutos.

Já a segunda questão o interessado deve produzir uma reportagem com a temática que preferir sobre o seu país de origem. O vídeo ou o áudio precisam ter no máximo três minutos e o texto pode conter até 500 palavras. Ah, lembrando que é necessário realizar as perguntas exigidas em inglês. 

Podem participar alunos que tenham entre 18 a 25 anos, estarem matriculado em uma Universidade ou terem concluído o curso após o dia 1º de julho de 2017. A fluência na língua inglesa é um dos critérios para concorrer a bolsa ou ter o nível IELTS 6.5. A viagem ocorrerá para o Reino Unido em qualquer data entre 13 e 18 de julho de 2019.
 
DICAS

A assessora de relações interinstitucionais da Unoeste, Adiane Mitidiero, conta que o programa é muito interessante, já que são selecionadas diversas pessoas no mundo todo.

 “A chance que você tem de encontrar pessoas com alto potencial dentro dessa carreira que pode, inclusive, assessorar sua carreira futura, além de fazer parcerias com você e ter contatos, isso realmente é fundamental”, fala Mitidiero.

A coordenadora de Jornalismo, Carolina Mancuzo, acredita que vivemos em um mundo completamente digital, é importante ver como especialmente países da Europa estão atuando nessa área do multimídia. “É legal a gente se aproximar disso, os estudos nessa área estão bem avançados, com certeza o aluno vai trazer uma bagagem diferente e quem sabe eles que vão passar por isso, não podem voltar inclusive dando workshop, palestras para que a gente possa aproveitar esses conteúdos aqui,” afirma. 

EXPERIÊNCIA 

A ex-facoppiana, Bruna Sugano, conseguiu uma bolsa de intercâmbio para Portugal por meio do programa Ibero-Americanas. A jornalista conta que teve a oportunidade de conhecer Londres e quer voltar, já que a cidade é muito rica em cultura.

“Em cada esquina você encontra uma referência e eu sempre fui apaixonada pela história da Inglaterra, então eu sabia o que aquilo representava. É muito legal ver a sensibilidade que eles dão a cultura já que a maioria dos museus são gratuitos, e então não importa se você é desempregado, aliás, em toda Europa se você é desempregado, você tem uma redução na taxa de ingresso, que é muito bom já que prezam muito esse lado da cultura”, conta Sugano.

Bruna conta que o intercâmbio contribuiu muito para seu crescimento profissional, pois como jornalista, aprendeu a ouvir as histórias das pessoas. “Em certos momentos eu me vi no exercício da função, você tem que ficar sim parada em uma praça e ouvir as histórias para sentir a experiência, observar tudo ao seu redor”, completa.
 
Para estar por dentro das novidades sobre bolsas de intercâmbio, o grupo do Facebook Unoeste Mundo é uma plataforma de encontros do departamento de Relações Interinstitucionais.  

Ainda segundo Adiane Mitidiero o foco principal é ver a cada dia mais a utilização da tag #UnoesteParaOMundojá que dessa forma é possível identificar pessoas que estão na Universidade e puderam conhecer outros países. Ela comenta que ter outro idioma é fundamental nesse processo. “Em breve esperamos ter disciplinas em inglês, ministradas em inglês e quem sabe até por professores estrangeiros”, finaliza.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.