Colóquio de Jornalismo encerra apresentações com trabalhos audiovisuais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

10/10/2018 às 18:00 – Atualizado em: 15/10/2018 às 23:35 
Larissa Biassoti e Luana Souza

Matheus Rodolpho

Nesta terça-feira (09/10), foi finalizado o 5º Colóquio com a apresentação de sete trabalhos dos alunos do curso de Jornalismo no Auditório Carvalho.

Todas os projetos da sessão tiveram como foco o audiovisual, e envolviam temas sociais, quebra de estereótipos, produções com recursos que promovem a acessebilidade, vídeo institucional, telejornalísticos, que tinham o objetivo de produzir conteúdos humanizados, independemente do formato. 

A professora das disciplinas de Telejornalismo I, II, III e Comunicação e Educação, Thaisa Sallum Bacco, fala que “na sessão de hoje deu para termos ideia de como o audiovisual cabe e percorre toda essa esfera, foi muito interessante, até porque eu percebi que os alunos entendem essas diferenças, isso nas apresentações ficou bem claro, foi extremamente gratificante nesse sentido”.

Sobre os conteúdos teóricos e práticos usados para o desenvolvimento dos projetos, a professora comenta que especialmente no âmbito do jornalismo, quando se juntam essas duas coisas, o resultado é interessante. Em termos metodológicos, didáticos, percebe-se que o curso está  caminhando para isso, o que reflete em uma boa formação profissional. 

Thaisa ainda diz que houve melhoras em relação ao evento. “Evoluiu muito, até mesmo na questão das apresentações dos alunos e no debate, porque o que eu acho mais legal no colóquio é a participação do público. A universidade tem que dar essa oportunidade e há a necessidade da troca.”

A aluna do 6º termo de Jornalismo, Beatriz Duarte, apresentou o seu projeto NOSSA CARMINHA: a experiência da produção de um vídeodocumentário sobre o Jubileu de Ouro da Paróquia Nossa Senhora do Carmo de Presidente Prudente, junto com a aluna Luana Carla Severo Mariano.Em sua primeira vez como participante do evento, Beatriz se sentiu muito nervosa, mas diz que foi uma experiência muito boa. “Estou contente porque às vezes fazemos um projeto e não temos a noção de como ele é grande, e precisamos de um local de debate para discutir como que é a metodologia.”

Em relação ao projeto, Beatriz conta que, “sem dúvidas, foi muito gratificante, até porque eu gosto muito do audiovisual, especialmente do documentário,  e o projeto que me trouxe possibilidades”. Ela reforça dizendo que “o Colóquio tem como objetivo gerar debates sobre tudo que fazemos nessas pesquisas”.

Já os estagiários do laboratório de televisão experimental da Facopp, Matheus Honório, Bruna Sugano, Vinícius Coimbra, Luana Mariano, Thais Vizari, Cleide Regina dos Santos, além dos técnicos Ana Caroline Nezi e Carlos Shirosawa, junto à técnica do laboratório de Fotografia, Marlene Reverte, apresentaram a série Caminhos iguais: produção laboratorial em videojornalismo na TV Facopp Online, que trata, em suas reportagens, de questões que envolvem deficientes visuais e cegos, síndrome de down, espectro do autismo, deficientes auditivos/surdos e deficientes físicos.

As produções foram feitas em três versões, a primeira com ou sem legenda, a segunda com Libras (Língua Brasileira de Sinais) e por fim, a terceira, com audiodescrição, elementos que geram acessibilidade para todos consumirem o conteúdo. Matheus Honório está no 7º termo e para ele “foi uma evolução pessoal, eu sai da minha ignorância, descobri que tinha muitas coisas diferentes do que eu pensava, querendo ou não você sai daquele pré-conceito para depois formar uma opinião correta”, conta.   
 
Juan Gonçalves, estudante do 2° termo de Jornalismo, diz que acha bacana esses eventos promovidos pela Facopp, porque “é uma forma de aprendermos mais, ver as possibilidades de desenvolver trabalhos dentro do jornalismo”.

O aluno ainda ressalta que, “quando vemos um aluno apresentando um trabalho sem ser para o professor, você se coloca no lugar dele e se imagina daqui um tempo apresentando também, é uma forma de passar para os outros estudantes como vai ser. Aprendemos mais sobre a nossa área, os alunos apresentando lá na frente nos aproximam mais do assunto, fica mais perto da nossa realidade”.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.