Conheça técnicas de estudo para a semana de provas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

19/06/2020 às 09:30
Daniel Alvarez e Melissa Andrade

Métodos de estudo auxiliam no preparo dos alunos para as provas bimestrais (Foto: Melissa Andrade)

Encontrar uma forma eficaz de se estudar pode ser um desafio para alguns. No entanto, existem técnicas que visam ajudar na organização ou memorização do conteúdo para obtenção de um bom resultado nas provas.

De acordo com o pedagogo e professor Marcelo Silva, apesar da diversidade de técnicas existentes, a escrita é fundamental no processo de aprendizagem em todas elas. Isso porque tudo o que é assistido ou escutado, é escrito com as próprias palavras no papel, assim, há uma possibilidade maior do conteúdo ser assimilado pelo aluno.

Sobre o tempo de estudo, o pedagogo aconselha os alunos a lerem novamente o que já foi estudado algumas horas antes da prova e se prepararem com até três dias de antecedência para não ocorrer o esquecimento do que foi aprendido. “Se a cada dia houver um pouco de estudo da matéria, há poucas chances de o processo de memorização falhar”, explica.

Marcelo dá algumas dicas sobre técnicas de estudo:

RESUMOS

A respeito da técnica da produção de resumos, o professor Marcelo pontua ser bem eficaz e lembra a necessidade de ter uma boa base para produzi-los. “Para fazer o resumo, você precisa ter como base algum conteúdo, como livros, aulas ou algo que já anotou, então, você usa disso resumindo com as próprias palavras”. Ele explica que a utilização das próprias palavras é interessante para uma compreensão melhor, assim o estudante organiza as ideias principais e produz o resumo.

Bianca Móra, discente do 7º termo de Jornalismo, é adepta ao uso de resumos e explica seu procedimento ao seguir essa técnica. “Eu faço tudo digitado porque é mais rápido. Imprimo, leio e faço anotações à mão nesses papéis impressos, tudo o que eu leio ou vejo na aula tento fazer um resumo que seja fácil de entender.”

VÍDEOS

Segundo Marcelo, estudar por meio de videoaulas pode auxiliar bastante o estudante quando a intenção é compreender melhor tudo aquilo que já foi visto em aula. Ainda assim, ele destaca novamente a importância da escrita. “A partir de qualquer meio de estudo é importante que você produza o resumo, a produção é essencial para assimilar as ideias que foram tiradas do aprendizado.”

O pedagogo aconselha os alunos a se atentarem aos conteúdos acessados em vídeos, o ideal é que se apoiem nos sites disponibilizados pela faculdade ou pelos próprios professores.

GRUPOS DE ESTUDO

Marcelo afirma que quando alguém ensina outra pessoa, quem está aprendendo fixa com mais facilidade o conteúdo, pois auxilia a memorização do assunto. O pedagogo explica o porquê de estudar em conjunto ser uma boa dinâmica. “Os grupos de estudos podem ajudar justamente porque você vai estudar assuntos específicos, com isso, sua mente se lembrará de aquilo que foi dito pelo amigo.”

Adepta aos grupos de estudo, Bianca Móra diz que sente uma vantagem quando os alunos se reúnem para conversar sobre a matéria. “Numa roda de conversa, pelo menos na minha turma, conversamos bastante sobre o conteúdo antes da prova e isso acaba ajudando um ao outro, porque às vezes o que um sabe o outro não sabe tanto, e vice-versa.”

MAPAS MENTAIS

Marcelo conceitua os mapas mentais como uma base para conectar todas as ideias do conteúdo, que funciona como um diagrama voltado para organização das informações. “Auxiliam nos estudos por serem um treinamento mental em que você sintetiza o estudo e memoriza, ligando todas as coisas”, explica. Dessa maneira, criar um mapa mental é uma ótima opção para quem prefere de escrever, organizar e criar ao mesmo tempo.

Para Sabrina Milani, aluna do 5º termo Publicidade e Propaganda, os mapas mentais são uma forma bem prática de aprender a matéria. A graduanda afirma que acha ser uma boa forma para aqueles que gostam de ilustrar seus conhecimentos, ou para quem tem facilidade de aprender com mais imagens e menos texto. “Não que o mapa mental seja todo ilustrado, mas ele resume bem e diminui a quantidade de textos.”

E aí, as dicas ajudaram? Coloque-as em prática e arrase na próxima semana de provas.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.