Coworking: entenda a dinâmica de funcionamento dessa tendência da economia colaborativa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

04/06/21 às 16h45
Alessandra Aoqui, Leticia Ferdinando e Thamires Fernandes, especial para Escola de Comunicação

Profissionais e estudantes estão aderindo a forma de trabalhar nos espaços colaborativos (Arte: Thamires Fernandes)

Você já ouviu falar em coworking? Sabe como funciona? Hoje em dia, ter um espaço em que se possa trabalhar, compartilhar experiências e até mesmo estudar, com foco e concentração em um local silencioso e inspirador, é algo que a grande maioria das pessoas buscam. O coworking trata-se de um espaço compartilhado em que é possível encontrar tudo isso e um pouco mais.

Muitas empresas buscam por lugares em que consigam se instalar com baixo custo, podendo ter um endereço fiscal. A principal ideia do coworking é acompanhar a forte tendência da economia colaborativa, além de agregar em networking para os empreendedores das mais diversas áreas, que se conhecem ali, dentro naquele espaço e, muitas vezes, ao tomarem um simples café, acabam até mesmo fechando negócio.

O sócio e administrador da Smart Coworking, Diego Nogueira, destaca que a flexibilidade e agilidade contratual, o baixo custo, networking, pagamento somente pelo tempo de uso e salas mobiliadas compartilhadas ou privativas, são os principais atrativos para que as pessoas busquem pelos espaços.

“Se a pessoa quer dar hiperfoco e se concentrar em seu negócio, é primordial um espaço como o coworking, pois temos salas privativas, onde são compartilhadas as áreas comuns e a estrutura de escritório. Então, a maioria dos clientes vem para alavancar o seu projeto ou ideia”, explica. 

Ele ainda pontua que em seis anos atuando como sócio do coworking pôde notar que muitos contratos e apresentações são realizados em momentos de descontração entre os usuários. Por isso, é importante que o empreendedor que utiliza o espaço tenha sempre seu pitch (breve apresentação, a fim de conquistar um investidor ou um sócio para seu modelo de negócio) na ponta da língua e não tenha vergonha de apresentá-lo. 

“A maioria dos clientes vem para coworking para alavancar o seu projeto ou ideia”, afirma Diego Nogueira (Foto: Cedida/Diego Nogueira)

Em Presidente Prudente existe também um coworking público, na Fundação Inova Prudente, onde há um espaço que pode ser utilizado sem custos. O diretor-presidente responsável pelo lugar, Diego Andreasi, relata que o coworking é um local de trabalho coletivo, que se baseia no compartilhamento de espaço e recursos de escritório como mesas, cadeiras, internet e entre outros. 

https://lh4.googleusercontent.com/RoDSfaMvow9ekTckrER1XgkOGmXBYyTJF1b5oinTO9M0LRRUv2D9wAW2XKRqTv_71uMhkZqvSPnBH6x7REgHTXlpMawq0cfu4RSo_HI45FiguunNjLF-cyMF9BdY1bDbtsoDAgAo
“O coworking é um espaço coletivo que pode, inclusive, reunir os usuários, profissionais liberais, empreendedores e usuários independentes”, garante Diego Andreasi (Foto: Cedida/Diego Andreasi)

O diretor explica que o principal objetivo do coworking na Inova é ser um ponto de encontro de pessoas que procuram criar ou acelerar seus negócios. “O que se busca, a médio e longo prazo, é a geração de renda e emprego em decorrência dos empreendimentos.”

Ele afirma que qualquer pessoa pode frequentar o coworking da Inova Prudente, não sendo necessário pagar valor algum, caso o uso seja apenas do espaço e da internet local para estudo ou trabalho. “Dos frequentadores, nosso maior público se encontra entre os profissionais autônomos e estudantes universitários.”

Quem frequenta o coworking?

https://lh4.googleusercontent.com/mZahKyEiSHnc5wORxZbwXrKc-49x6D-pdBzT7mQGz09qDdK3GtrYxH5x4AWSrcXoEEDQXVpgBLAIvNZ6dt_Urq5oUBbcMokK8lV8Trn0Ajj5Aj7udDEhYd8NG4OAj22JFYeS51ZS
“O coworking me possibilita ter ideias e fugir um pouco da rotina ou dos momentos de tédio durante o expediente”, conta Beatriz (Foto: Cedida/Beatriz Grando)

A estudante de Publicidade e Propaganda na Escola de Comunicação, Beatriz Grando, frequenta o coworking da Fundação Inova Prudente há cinco meses. Ela conta que sua primeira visita ao espaço foi a trabalho e que adorou o local. “Tem os recursos e espaços necessários para desenvolver o meu trabalho. Sem contar que também posso trocar informações e experiências com outras pessoas que também usam o ambiente”. 

Beatriz pontua que, para ela, o mais interessante no coworking é a possibilidade de ter novas ideias e fugir um pouco da rotina e momentos de tédio durante o expediente. “Ter um espaço que te ofereça tranquilidade e foco são grandes vantagens. Você também pode conhecer outras pessoas, outros serviços, de repente pode até surgir uma parceria ou uma nova empresa”, destaca.

Conheça o coworking Inova Prudente em fotos

Veja o espaço do Smart Coworking

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.