Egresso volta à Facopp para bate-papo sobre jornalismo político

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

09/03/2020 às 09:22
Daniel Alvarez

Iury Greghi pôde esclarecer dúvidas dos alunos durante o bate-papo (Foto: João Lucas Martins)

É cada vez mais importante para um jornalista conhecer a política, isso devido ao cenário e contexto histórico em que vivemos. Um dos assuntos tratados na disciplina de Jornalismo Especializado, ministrada pela professora Giselle Tomé, é justamente o jornalismo político. Para tornar o aprendizado dos alunos ainda mais interessante a docente trouxe, na última quarta-feira (04/03), um profissional da área para uma mesa-redonda com os discentes do 5º termo.

Formado em 2013 pela Facopp, Iury Greghi atua como secretário de Comunicação de Presidente Prudente. O jornalista já passou também pela assessoria de imprensa do município. Durante o bate-papo, Iury pôde compartilhar com os estudantes experiências não só da área do jornalismo político, mas também empresarial e do setor público.

Apesar de estar na Facopp frequentemente, seja em eventos ou apenas em visitas corriqueiras, Greghi conta que é sempre uma emoção voltar. “Eu mergulhei de cabeça na faculdade, foram momentos maravilhosos que eu vivi por aqui, fiz amigos para vida toda. Toda vez que eu volto é como um filme passando na minha cabeça.”

Sobre o jornalismo político, Iury percebe certa indiferença por parte de muitos profissionais que entram no mercado sem ter noção alguma da área, coisa que não deveria acontecer. Para ele, é imprescindível que um jornalista tenha ao menos noção mínima da divisão dos poderes, assim como as atribuições de cada um deles.

A estudante Daniela Silva estava presente na mesa-redonda com o secretário de Comunicação e conta ter achado a troca de ideias muito proveitosa. “Foi interessante, porque além de falar como atua no seu cargo, como funciona ser um secretário político, ele deu várias situações reais como exemplo. Contar sobre essas coisas que aconteceram durante sua carreira reforçou toda a explicação a respeito”, pontua.

Dentre os assuntos levantados na conversa, um dado alarmante foi trazido por Iury referente ao desinteresse cada vez maior da população em relação à política. Segundo ele, nas eleições municipais de 2016, um terço dos eleitores prudentinos não votou ou anulou o voto. Fato que deve preocupar também aos jornalistas, já que, na maioria das vezes, são eles a ponte entre os cidadãos e a política.

A participação dos alunos chamou a atenção do jornalista, que elogiou o nível das perguntas e tópicos levantados durante a conversa. “Percebi que todos estavam conscientes da importância de entender mais sobre a política e de se preocupar em tentar mudar essa situação de falta de credibilidade dos políticos e do setor público.”

Para Melissa Andrade, aluna de Jornalismo, a conversa serviu para quebrar alguns estereótipos criados sobre a política. “As pessoas costumam ter uma visão superficial sobre a política e muitas coisas não são bem como elas imaginam”. A discente completa dizendo que gostou do formato diferente da aula. “Gostaria que tivessem mais aulas dessa forma, o bacana do bate-papo é que o conteúdo da conversa se aprofunda muito mais.”

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.