Estudantes do 6º termo de Jornalismo passam por Bancas de Qualificação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

20/11/2017 às 09:00 – Atualizado em: 20/11/2017 às 09:18 
Bruna Leite e Leandro Nogueira

Leandro Nogueira


Os alunos do 6º termo de Jornalismo do período noturno apresentaram seus pré-projetos de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) para as Bancas de Qualificação, nos dias 13 e 14 de novembro. Os estudantes estavam ansiosos enquanto aguardavam o momento de suas apresentações.
 
Na noite de segunda-feira (13/11), ao todo, seis grupos se apresentaram. E os primeiros a passarem pela banca foram Christian Matias da Silva, Igor Heitor Gelako, Ingrid da Silva Rocha e Maiara Pavan Andrade, com o trabalho intitulado “Grande reportagem traz histórias e perspectivas de vida dos idosos veiculada na revista online Prisma”. Osprofessores presentes na banca eram Carolina Mancuzo, Fabiana Alves, Luiz Dale e Tchiago Inague.
 
A aluna Ingrid explica que a ideia do trabalho surgiu poucos dias antes da banca qualificadora. “Tivemos muitas ideias de temas, mas conforme íamos desenvolvendo, surgiam alguns empecilhos, como, por exemplo, a adequação para público mais limitado. Porém, duas semanas antes da banca, apareceu o tema sobre a vida de diferentes idosos, e corremos atrás de fazer algo bem feito, mesmo com pouco tempo. Fiquei muito feliz de saber que teremos dois orientadores, o Luiz e o Tchiago,” destaca a estudante.
 
“Atuação do jornalismo empresarial no terceiro setor: como a criação de um website pode auxiliar a Afipp”, têm na equipe os alunos Andressa Regina de Aguiar, Denilson Matheus Bispo, Lucas de Souza e Nathalia Moura Alves. A banca foi composta por Carolina Mancuzo, Fabiana Alves, Giselle Tomé e Roberto Mancuzo.
 
Os graduandos Isaías Alves, Júlio César Terrengui, Tainá Firmo e Vinícius Gabriel dos Santos estavam ansiosos antes de passarem pela banca e apresentarem o projeto que leva como título “A linguagem empregada na narração esportiva e sua popularidade”.  Os docentes da banca foram Carolina Mancuzo, Fabiana Alves, Homéro Ferreira e Rogério do Amaral.
 
O aluno Isaías conta que o tema foi escolhido porque todos no grupo se familiarizam com o esporte. “É um tema com o qual nos identificamos bastante, já havíamos pensado nisso antes mesmo do pré-projeto, porém, no decorrer dos meses, nós tivemos um pouco de dificuldade na parte da metodologia, mas no final deu tudo certo”. O orientador será o professor Homéro Ferreira.
 
Na sequência, foi a vez da dupla Fábio Dembisque e Gabriela Barboza, que apresentarem o pré-projeto chamado “A história do cantor e compositor Dino Franco retratada por meio de um produto jornalístico voltado ao rádio”. Os professores da banca eram Carolina Mancuzo, Fabiana Alves, Homéro Ferreira e Rogério do Amaral.
 
O cantor formava uma dupla sertaneja com Morai, com quem gravou mais de 16 LPs. Para Gabriela, esse resgate histórico por meio de uma radioreportagem, vai contribuir muito para o mundo da música. “Ele era um grande cantor da música sertaneja de raiz que faleceu em 2014. Para iniciarmos a pesquisa, entrevistamos parentes e amigos dele, foi emocionante esse processo do trabalho por ser uma perda tão recente.”
 
“Trajetória do primeiro locutor de FM em Presidente Prudente”, foi apresentado por Ana Claúdia Leal, Andrei Ribeiro, Guilherme Napoleão, Lilian Aparecida da Silva e Melina Gomes. Tiveram como banca os docentes Fabiana Alves, Homéro Ferreira, Luiz Dale e Thaisa Bacco.
 
Andrei disse que estava muito nervoso, porém, ficou mais calmo no momento da apresentação, pois havia se preparado para o momento e então dominava o tema. “Estou muito feliz porque deu tudo certo, e temos o orientador que tanto queríamos, o professor Homéro”, ressalta.
 
E a última equipe a passar pelo aval dos professores da Facopp na noite de segunda foi a composta por Amanda Albuquerque, Karine de Andrade, Maicon Santana, Victor Gomes e Willian da Silva, com o trabalho intitulado “Projeto HRC – programa piloto de TV institucional para entidade do terceiro setor”.  Na banca, estavam Carolina Mancuzo, Fabiana Alves, Luiz Dale e Thaisa Bacco.
 
De acordo com Maicon, a parte de levantamentos de dados foi trabalhosa, mas após visitas e entrevistas, o grupo conseguiu visualizar melhor o que poderia ser feito. “Realizamos entrevistas com o presidente do hospital, visitamos o local para conhecer o ambiente para o qual vamos desenvolver o programa piloto, conversamos com a assessoria de imprensa, e tudo isso serviu de aporte para embasar nosso pré-projeto”, conta.
 
Segunda noite 
 
Na terça-feira (14/11), o primeiro grupo tinha como integrantes Beatriz Moura, Lays Maréco, Nayene Furmigare e Rafael Barbosa dos Santos, que apresentaram o pré-projeto “Registro Fotográfico das feiras livres de Presidente Prudente – SP: uma análise cultural e social”.Os docentes na banca eram Fabiana Alves, Giselle Tomé, Maria Luisa Hoffmann e Roberto Mancuzo.
 
Rafael esclarece que, no início, o grupo teve um pouco de dificuldades para delimitar o tema a ser desenvolvido, mas já sabiam que queriam fotografia. A partir de então buscaram ajuda, e foi o professor Mancuzo quem sugeriu o registro fotográfico sobre as feiras da cidade. “A partir da sugestão, partimos para a pesquisa sobre as feiras, e vimos que é algo importante justamente por ter valor cultural e social dentro da cidade de Presidente Prudente”, destaca o aluno.
 
“O fotojornalismo humanizado voltado ao trabalho voluntário nas enfermidades”, é o trabalho do trio Daniellen Oliveira, Isabela Rocha e Maria Fernanda Ferreira. Os professores da banca eram Fabiana Alves, Giselle Tomé, Maria Luisa Hoffmann e Roberto Mancuzo.
 
As meninas se apoiaram em todos os momentos, antes de se apresentarem e também no momento de aguardar a reposta da banca. E a ansiedade e o nervosismo acabaram após saberem que foram aprovadas e que terão a docente Maria Luisa como orientadora.
 
E por fim o último grupo era formado pelos graduandos Bárbara Tafarelo, Mainara Ferreira, Victtoria Oliani e Vinícius Longui, que desenvolveram o trabalho que tem como titulo “Planejamento e implantação de uma assessoria de imprensa na empresa Euromarket de Presidente Prudente: organização de conteúdo noticioso”. Na banca, estavam presentes os professores Fabiana Alves, Giselle Tomé, Maria Luisa Hoffmann e Roberto Mancuzo.
 
Após passarem por essa etapa da qualificação dos pré-projetos, os estudantes deverão realizar os ajustes e correções solicitados pelos professores, e, no próximo ano, tem início a fase de escrita da parte teórica dos TCC’s.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.