Facopp leva a vitória por dois anos consecutivos na Gincana dos Calouros

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

19/03/2019 às 16:00 – Atualizado em: 19/03/2019 às 16:20 
Larissa Biassoti e Larissa Oliveira

Erika Foglia/ AI Unoeste

É bicampeã, é bi-cam-pe-ã! Aposto que você se lembrou da comemoração da Facopp aí de onde está agora. O fim de semana para os alunos de Publicidade e Propaganda, Fotografia e Jornalismo foi de vitória, já que a taça da 23ª Gincana dos Calouros voltou para casa nesta sexta-feira (18/03).

O evento tem como objetivo integrar os estudantes de 1º e 2º termos dos cursos da Unoeste. A preocupação com a sociedade é prioridade dentro da Gincana, seja pelo fato de proporcionar união entre os discentes e também por realizar uma ação que arrecada caixas de leite que são doadas a entidades de Presidente Prudente.

Para Noel Martins, Presidente da Atlética da Facopp, os participantes ajudaram o próximo e se divertiram. “Não só os calouros precisam dessa atividade, os veteranos também. A vida na Universidade é uma coisa pesada e ter momentos leves como este anima a abraçamos o curso de um jeito fenomenal”, comenta.

Martins ainda lembra que no momento sentiu um misto de emoções. “Os calouros foram excepcionais e destruíram na quadra. Tanto que membros de outros cursos diziam que era nossa a vitória.”

A interação que ocorre entre as equipes também é um ponto levantando pelo presidente da Atlética, pois, apesar da competição, ele conta que o curso de Enfermagem, que não tinha torcida, se uniu à Facopp.  

O professor Roberto Mancuzo acompanhou os estudantes e para ele o projeto é de acolhimento. “Às vezes o aluno vem de outra realidade, de outra situação, de outra comunidade, ele não entende o que acontece dentro de uma universidade e isso é muito bom, eu acho que só rende fruto lá na frente.”

Mancuzo comenta que a organização da Facopp vem surpreendendo, bem como a mobilização que eles fazem em prol da comunidade. “Isso não é só uma questão de se divertir, mas também estão envolvidas em muitas outras causas”, conclui. 


SANGUE LARANJA E PRETO 

No meio de tanta gente, a timidez acompanhava os calouros, como foi o caso de Igor José Carvalho, aluno do 1º termo de Publicidade e Propaganda. “Eu tive que lidar com as pessoas me observando e ainda realizar as provas”. Ele ainda diz que se sentiu pertencente ao grupo, o que o ajudou a socializar com os integrantes.

Já a estudante do 1º termo de Publicidade e Propaganda, Larissa Macedo Gonçalves, comenta que se sentiu muito feliz, pois sabia da vitória anterior e gostaria que o título permanecesse, além de ter contato com outros cursos. “A gente acaba se conhecendo melhor, quem é da atlética e interage com nossa sala também.”

Marques Rodrigo Mendonça está no 1º termo de Jornalismo e, para ele, a gincana mostrou que é preciso planejar estratégias para vencer. “São minutos nos quais o foco é a alegria, integração e a busca pela vitória, nos fazendo esquecer um pouco os muitos trabalhos entre outras coisas.”
 

SUFOCO! 

Esforços não foram medidos em quadra, os facoppianos passaram por quatro provas que exigiram competências diferentes. O primeiro desafio foi em dupla, equilibrar uma bola de vôlei entre as cabeças e claro, sem deixar cair.  

Quem está atualizado e conhece diferentes artistas aproveitou para realizar a segunda prova, musical. O participante deveria correr até o microfone para responder qual era a música e o cantor.

Facoppiano que é facoppiano assiste tutorial de dança na internet e sabe alguma coreografia de cor. Pelo visto isso ocorreu na gincana, pois os alunos levaram o primeiro lugar na prova de dança.

A quarta e última prova foi a de conhecimentos gerais. Três estudantes tiveram que responder perguntas sobre atualidade, cinema, cultura, história, futebol, entre outros assuntos. Os resultados somaram 380 pontos.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.