Facopp participa das comunicações orais do ENEPE 2018

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

29/10/2018 às 20:00 – Atualizado em: 07/11/2018 às 18:04 
Heloísa Lupatini

Jhenifer Rodrigues

Ana Caroline Nezi, Bruna Sugano e Matheus Honório falam sobre as produções da série Tabu, realizada pela TV Facopp

A manhã de terça-feira (23/10) na Facopp começou com as comunicações orais dos professores, alunos e egressos do XXIII Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão (ENEPE) da Unoeste. O evento teve apresentação de quatro trabalhos da área de Jornalismo e a sessão foi coordenada pela professora Fabiana Alves.
 
A primeira exposição foi do artigo Comunicação Organizacional na era digital: análise de canais no YouTube em hospitais que atendem pacientes com câncer. O trabalho é derivado do TCC de Jornalismo do grupo que é composto por Amanda Albuquerque Amaral, Karine de Andrade Silva, Maicon Ferreira Santana Pinto de Lana, Victor Gomes Barbosa, William Asaph e Yan Raphael da Silva Souza com a orientação da professora Thaisa Bacco.  
 
“Com o advento da internet, a forma de se comunicar com a sociedade mudou, e na área organizacional isso é muito latente, as empresas hoje se comunicam de uma forma totalmente diferente com seus públicos, utilizando muitos mais as mídias sociais, então esse foi nosso primeiro motivo. O segundo é pelo câncer ser um problema de saúde pública”, conta Amanda.
 
A apresentação do trabalho da técnica do laboratório de TV Ana Caroline Nezi e da professora Thaisa Bacco teve como título Retrato de uma realidade por meio de um videodocumentário. O projeto apresentado foi o documentário Transinvisíveis, produção que retrata as dificuldades enfrentadas pelos transgêneros de Presidente Prudente e região no processo de reconhecimento social de sua identidade de gênero.
 
Segundo Ana Caroline, apresentar o trabalho no Enepe é muito importante. “Com o Enepe é possível compartilhar experiências de todas as etapas de produção até mesmo para quem não teve a mesma oportunidade, e também divulgar o trabalho em um evento de abrangência nacional e que gera certificado de pontuação para o currículo lattes”, afirma.
 
A série Prudente Digital  também foi apresentada no evento. Uma realização da TV Facopp Online que trata do desligamento do sinal analógico na região de Presidente Prudente.
 
No primeiro episódio foi contado o surgimento da televisão, enquanto no segundo foi mostrado o porquê da mudança para o digital e como as pessoas podem se preparar para receber o sinal. O terceiro e último episódio da série aborda como as emissoras de TV da região se prepararam para a transição. 

Sobre apresentar o projeto no ENEPE, Matheus Honório do 7º Termo de Jornalismo comenta que “apresentar um trabalho no ENEPE é de suma importância em vários sentidos como para o currículo, mais visibilidade e reconhecimento para o trabalho”.O trabalho foi apresentado por Matheus, Bruna Sugano, Ana Caroline Nezi e pela professora Thaisa Bacco.
 
 O quarto e último trabalho apresentado na sessão foi sobre a série Tabu, também realizado pela TV Facopp. A série traz à tona temas polêmicos como virgindade, racismo, LGBTfobia, estereótipos de beleza,  depressão e HIV. O projeto teve apresentação de Matheus Honório, Bruna Sugano, Ana Caroline Nezi, Maiara Pavan Andrade e da professora Thaisa Bacco.
 
Bruna, que é egressa da Facopp, conta que é diferente apresentar um trabalho após sair da faculdade. “Não tem mais todo aquele peso que eu sentia antes. Como formada, eu estava mais relaxada. Mudou o meu olhar, eu achei tranquilo. Mas em um evento como o ENEPE, nacional, é muito bom para  meu currículo, ainda mais com uma série desse porte que mexeu e ainda mexe com muitas pessoas”, comenta.  

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.