Facopp promove exposição sobre Outubro Rosa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

19/10/2017 às 09:00 – Atualizado em: 19/10/2017 às 09:04 
Ana Caroline Soares e Maria Eduarda Miriani

Pedro Prado

A exposição acontece nos corredores da Facopp durante o mês de outubro


Os estagiários do Laboratório de Fotografia, orientados pela professora Maria Luisa Hoffmann, iniciaram nesta quarta-feira (18/10), a exposição “Cuide-se”, em prol do Outubro Rosa. O objetivo é promover uma campanha de prevenção do câncer de mama. As fotos serão expostas até o final do mês e você pode conferir o trabalho finalizado nos corredores da Facopp.
 
O projeto contou com a participação de alunos, funcionários e professores, ao todo 12 fotos foram produzidas. Segundo Maria Luisa, supervisora do laboratório, os estagiários buscaram pessoas que têm proximidade com a Facopp, para que as fotos gerassem outro olhar e provocassem uma reflexão em quem as visse.
 
Produção

Jhenifer Rodrigues, aluna do 2º termo de Fotografia e estagiária do laboratório de foto, comenta que a ideia surgiu junto com a proposta de desenvolver uma atividade que movimentasse toda a equipe. “Unimos o útil com o agradável”, diz. Ela explica que cada estagiário ficou responsável por produzir dez fotos e depois selecionar a melhor.

No processo de criação, Jhenifer aponta que deixar as modelos à vontade e selecionar personalidades de idades diferentes foram alguns dos  desafios superados. Sobre o feedback do trabalho, a estudante afirma ser satisfatório. “Quando as pessoas olharem as fotos, quero que ela vejam a mensagem da verdade e, principalmente, da liberdade em falar sobre um assunto que ainda é considerado tabu.”

Para Pedro Prado, estudante do 3º termo de Publicidade e Propaganda e estagiário de fotografia, o projeto buscou fugir do clichê dos ensaios fotográficos, com camisetas rosa e mulheres apenas fazendo sinal com a mão no peito. O foco foi passar a mensagem com personagens de diversas etnias; a morena, ruiva, loira, do olho claro ou pele escura.
 
 Outro lado
 
A coordenadora do curso de Jornalismo, Carolina Mancuzo, foi convidada a participar das fotos com o foco na maternidade. Para ela, a mama tem a ver com a amamentação, com filhos. “Achei muito interessante a sacada deles, pois a mulher tem que ter essa preocupação a mais, já que ela gera vidas”, conta.
 
A docente Mariangela Fazano, que também participou da campanha, relata que já contribuiu outras vezes com essa causa e acha muito importante porque é uma forma de sensibilizar as pessoas. “Já participei até atuando in loco, mas não pela Facopp. Já fui em comunidades, falei da importância do autoexame, da prevenção, e de não deixar a saúde de lado.”
 
Regina Telma Tacaci, empresária, de 55 anos, foi vítima do câncer e conta que descobriu aos 49 anos a doença. “Eu achei apalpando um caroço dolorido no seio. Quando eu recebi a notícia fiquei muito triste, chorei muito, tudo ficou escuro e pensei no que eu tinha feito na minha vida até aquele momento. O tempo de tratamento foi difícil, mas não tanto quanto eu pensava que seria.”
 
Ela ainda conta que apesar de ter sido curada, ainda faz hormonoterapia e que fará isso por um bom tempo. Telma Tacaci acrescenta que durante todo o procedimento, teve muita ajuda dos familiares e isso contribuiu para enfrentar essa batalha, facilitando o processo. “O que eu falo para as pessoas é que façam o exame, porque tudo o que você acha mais cedo, tem tratamento”, finaliza ela.
 
A Facopp se preocupa com você. Não se esqueça de realizar o autoexame periodicamente, Cuide-se! 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.