Profissionais falam sobre conquistas e desafios no Dia da Mulher

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

08/03/2021 às 12h38
Jady Alves

“Mulher, como resumir em poucas palavras tantas faces e tantas funções?”, questiona-se Alessandra Lima (abaixo à direta) (Fotos cedidas)

Hoje é o dia de todas aquelas que, cada uma em sua realidade, levanta cedo e vai ganhar o mundo. É o dia daquelas que se importam não só com consigo, mas também com as pessoas ao seu redor.  Hoje (8/3) é celebrado o Dia Internacional da Mulher.

Atualmente, mais do que nunca, as mulheres lutam pelo o que têm direito. Lutam por respeito, igualdade, bem-estar, melhores condições de trabalho e de vida. Merecem ser lembradas no dia a dia. Lembradas pelos seus corações, garra, força, dedicação e valor. 

“Somos multitarefas, multicabeças, multimães, multifilhas, multifuncionárias, multiempresárias, multialunas, multiprofessoras, enfim, multi em tudo. Quando o mundo está um caos, estamos tentando manter a calma, seguir nossas rotinas, protegendo a todos que amamos”, comenta Alessandra Lima, funcionária do Atendimento Escola de Comunicação. 

A representatividade feminina no mercado de trabalho deve ser cada dia mais reforçada e apoiada, entretanto, ainda há resistência da parte de outros profissionais e veículos. 

“Uma das maiores dificuldades que tenho como experiência é conciliar o serviço e horário escolar da minha filha. Quando estava em busca de estágio, tentava achar vagas que conseguissem bater com o horário escolar ou pelo menos tivesse opção de home office. É um pouco triste ver que algumas empresas não flexibilizam horário para a mulher que é mãe”, relata Andressa Passos, estudante de Publicidade e Propaganda e estagiária da Agência Escola de Comunicação da Unoeste. 

Apesar de ainda ter muito o que equiparar, as mulheres já conseguiram mostrar que podem ocupar todos os cargos e postos. “Ainda existe diferença salarial e infelizmente machismo, mas acredito que devemos comemorar o que já conquistamos e continuar em constante evolução. Acho que a principal mensagem é: acreditar no seu feeling, sonhar e planejar para atingir seus objetivos”, destaca a professora Giselle Tomé. 

Para as mulheres que vivem em busca de oportunidades que se encaixem em sua realidade, Andressa deixa um recado: “Não deixem de correr atrás de seus sonhos! Utilize toda rede de apoio que tiver ao seu alcance. Nunca é tarde para começar algo. O começo sempre será difícil, mas te falo que, quando vem a primeira conquista, já vale toda turbulência passada.” 

“Quero deixar aqui meu abraço a vocês mulheres que buscam inovar, se reinventar, superar, lutar e amar. Parabéns a todas nós que deixamos este mundo mais doce e mais colorido”, finaliza Alessandra. 

A Escola de Comunicação e Estratégias Digitais da Unoeste deseja um feliz dia a todas as mulheres. Que esse ano traga realizações e mais respeito àquelas que lutam todos os dias por um mundo mais justo. 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.