Saiba quem são os jurados do 1 º Prêmio Facopp de Fotografia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

10/11/2017 às 19:00 – Atualizado em: 11/11/2017 às 11:03 
Ana Caroline Soares, Maria Eduarda Miriani e Yuri Aquino Cruz

Leonardo Cardoso e Júlio Martinelli

O concurso é composto por cinco jurados

O 1º Prêmio de Fotografia da Facopp está a todo vapor! O evento acontece nesta sexta- feira (10/11), às 19h30 no Sollarium. Com muito suspense sobre os três ganhadores das câmeras profissionais, o Portal Facopp decidiu conhecer um pouco mais sobre o júri técnico  responsável em avaliar as fotos e o critérios utilizado na escolha de cada um. Confira:
                                      
Já o renomado docente de fotografia Thales Trigo comenta que o evento é um momento importante para cidade e afirma a necessidade de acontecer nos próximos anos. “Isso faz com que a cidade fique mais preparada para fotografar, que as pessoas comecem a achar que o concurso é uma coisa interessante e importante. Então acho muito legal e que não pare hoje, não pare nessa versão número de teste”, afirma Thales. 
 
Ele ainda discorre sobre a escolha do tema e dá uma sugestão para os próximos anos. “É uma questão de ver o que interessa em uma cidade. A cidade de Prudente está ficando muito grande, é importante na região.”

Já para a crítica e fotógrafa do Estadão, Simoneta Persichetti, o concurso deu oportunidade de se fazer um registro pouco comum no país, mas já adotado em outros lugares do mundo. “Um registro fotográfico como esse é importante para mostrar a história da cidade. Aqui no Brasil não temos esse costume, mas nos Estados Unidos e na Europa as pessoas fazem muito isso”, conta.

Adriano Kirihara, jornalista e fotógrafo, conta que a técnica, o tema e criatividade de cada participante foi um dos critérios de escolha. “Havia muitas imagens boas, o pessoal se dedicou muito, principalmente os ângulos diferentes da cidade que nós acabamos não percebendo no dia a dia”. Ele ainda diz que as fotos que chamaram mais a sua atenção, foram as que usaram bem a luz. 

Para o fotógrafo Anselmo Ueti, a emoção transmitida na fotografia contou muito. Ele também compara a leitura de imagem com a linguagem escrita. “Eu analiso a fotografia como se fosse um texto, afinal, ela também é uma linguagem. Assim como os livros, algumas imagens são mais fáceis de ler, outras são mais difíceis. Algumas têm muita força e tem outras que não possuem tanta força”, declara.
 
De acordo com o colunista do jornal O Imparcial, Sinomar Calmona, também integrante do corpo de jurados, as imagens foram maravilhosas e atenderam as expectativas. “As fotografias que mais me chamaram a atenção foram as panorâmicas, pois a técnica utilizada  conta muito”, frisa.
 
Curioso para conhecer os selecionados hoje? Contamos com sua presença, às 19h30 no Salão Sollarium. 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.