Sextou? Não! ‘Quarentenou!’

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

19/05/2020 às 09:30
Bianca Alves e Juan Gonçalves

Diante da necessidade de isolamento domiciliar como forma de evitar a disseminação do novo coronavírus, jovens estão se reinventando para se adaptar à nova rotina (Foto: Banco de Imagens/ Unsplash)

Ficar em casa durante tanto tempo é uma novidade para todos. Curtir a família, fazer boas leituras, assistir lives, filmes e séries, pedir pratos deliciosos por delivery, estudar e até lavar-louça têm sido a nova rotina dos facoppianos, que em meio a tantos aprendizados e descobertas, contam sobre o dia a dia no período de quarentena:

Antes da pandemia que ‘paralisou o mundo’, Isabela Matsura, 17 anos, do 1º termo de Publicidade e Propaganda, costumava ir à igreja, sair com os amigos e ir para Teodoro Sampaio passar o fim de semana com o avô e as primas. Agora, ficar sem essa rotina tem sido difícil, já que como ela disse, é uma pessoa bem agitada e que não consegue ficar parada. A futura publicitária tem estudado bastante e assistido as lives dos cantores depois das aulas on-line. Isabela não vê a hora de voltar para a faculdade e pretende abraçar todas as pessoas amadas quando essa pandemia terminar. “Acho que depois dessa quarentena, as pessoas vão começar a dar mais valor às pequenas coisas, a apreciar melhor as companhias que elas têm”, acredita.

Não está sendo diferente para a estudante do 3º termo de Jornalismo Nathalia Salvato, 20 anos. Ela sente muita falta de estar perto das pessoas, de ir à igreja, de sair com os amigos, de ir ao shopping e com o namorado. Está tendo bastante dificuldade de encontrar um ponto positivo e de se adaptar à essa nova rotina, pois gosta muito de sair e evitava ao máximo ficar em casa aos fins de semana. Nathalia não vê a hora de tudo passar e de poder ir à igreja, já que afirmou ser seu maior desejo depois que isso acabar.

A aluna Vitória Liliana Brasil, 19 anos, estudante de Fotografia da Facopp, e sua família estão enfrentando uma fase totalmente nova e difícil, mesmo procurando afazeres para se distrair e passando boa parte do tempo conversando com a mãe. Ela realiza ensaios fotográficos aos fins de semana e seus pais são donos de uma lanchonete, todos serviços autônomos. Portanto, declara que trabalhar e ir à faculdade são suas maiores saudades e que, quando tudo passar, serão as primeiras coisas que irá fazer. “Não encontro nenhum ponto positivo com a quarentena, só tenho ficado ansiosa. Sou autônoma e meus pais trabalham com comércio, mesmo com o serviço delivery, o movimento não é o mesmo”, diz Vitória.

Para o futuro publicitário Matheus Damazio, 22 anos, a quarentena não tem sido tão complicada assim. Como sempre gostou muito de estar em casa, não está sentindo tanta dificuldade para se acostumar. Tem usado o tempo para estudar bastante, para descobrir novos hobbies e habilidades, para cuidar, pensar e olhar mais para si e para aproveitar a família, valorizar a oportunidade de tê-los por perto. Ele já tem planos e desejos para quando essa pandemia acabar. “Não vejo a hora de poder ir à igreja, em uma adoração. Quero pegar o carro e sair por aí. Estou com saudade da faculdade, muita saudade, acho que por ser meu último ano. E quero abraçar as pessoas que eu amo”

Diante de tantas realidades diferentes, duas coisas foram unânimes entre os facoppianos entrevistados: a vontade de poder ir à faculdade e a saudade das pessoas queridas. Não poder abraçar, estar junto, compartilhar sorrisos, carinhos e conversas tem sido um dos maiores sofrimentos de toda essa quarentena.

Faça sua rotina

Para você, que também já está cansado de ficar em casa e que não sabe mais o que fazer para sair do tédio, os quatro entrevistados deixaram algumas dicas de afazeres, atividades e passatempos que podem ser úteis nesse momento:

  • Assista filmes e séries;
  • Cuide do seu corpo e da sua mente;
  • Curta lives de cantores da sua preferência;
  • Aproveite o tempo com sua família, converse, ria e divirtam-se juntos;
  • Faça ligação de vídeo com os amigos e com os familiares distantes;
  • Treine novas receitas;
  • Aprenda a mexer em um novo aplicativo de edição de fotos;
  • Peça sua comida preferida por delivery;
  • Limpe a casa;
  • Estude;
  • Coloque suas leituras em dia;
  • Ouça músicas;
  • Descubra novas habilidades;
  • Desenhe ou faça pinturas;
  • Desperte a criatividade e tire muitas fotos, você descobrirá cenários e figuras incríveis no seu lar;
  • Aprenda um novo idioma;
  • Faça cursos on-line.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.