TV Facopp prepara novo documentário sobre a luta contra dependência de álcool e drogas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

02/10/2018 às 16:44 – Atualizado em: 09/10/2018 às 11:39 
Heloisa Lupatini

Imagem cedida

Imagem Notícia

A TV Facopp começou o processo para a gravação de um novo vídeodocumentário. A produção é uma parceria entre a Facopp e a Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus, que vai tratar sobre o atendimento gratuito para homens e mulheres que lutam contra a dependência de álcool e drogas  nos lares mantidos, na região de Presidente Prudente, pela entidade.
 
O documentário está cadastrado como Projeto de Extensão tem como objetivo divulgar  o atendimento realizado pelas comunidades, a prática da investigação jornalística humanizada, além de promover a integração entre  alunos e egresso da Facopp.
 
A produção começou com uma visita técnica realizada dia 25 de setembro, em que a equipe de trabalho conheceu os lares e conversou com os responsáveis. Segundo a professora Thaisa Bacco, a partir desse momentos os alunos vão estar três semanas em cada casa, para observarem, acompanharem e fazer o levantamento de histórias e fontes. “Essa primeira fase de pré-produção tem previsão de durar ate o final do mês de novembro. Após este ainda acontecerão as gravações e a etapa de edição e finalização. A expectativa é que o trabalho seja exibido em agosto de 2019”, explica. 
 
A equipe  é formada pelos estagiários da TV Facopp Vinícius Coimbra, Matheus Honório e Luana Mariano, pelos técnicos de laboratório Ana Caroline Nezi, Carlos Shirosawa, pelo assessor de imprensa da associação Fabio Reis, que também foi egresso de Jornalismo, e pelos professores Thaisa Bacco e Roberto Mancuzo.
 
As comunidades terapêuticas que serão documentadas são o Lar São Miguel Arcanjo na Providência de Deus, em Pirapozinho, o Lar Santa Teresinha do Menino Jesus na Providência de Deus, no distrito de Montalvão, e o Lar Nossa Senhora do Carmo na Providência de Deus, em Álvares Machado. As três comunidades têm capacidade de oferecer 110 vagas para tratamento na região.
 
A associação é mantida com o apoio da comunidade e verbas do governo estadual. As comunidades trabalham com tratamento e acolhimento de dependentes de drogas e álcool e suas famílias. Os pacientes podem ser internados e deixarem os lares no momento que quiserem.
 
Fabio Reis se formou no ano passado pela Facopp, mas mesmo assim viu a oportunidade de voltar e começar esse projeto, sendo o idealizador da ideia. “Quando eu entrei no trabalho percebi que o local tinha histórias muito ricas  e pouca gente conhecia. Apesar deles já estarem há quase 10 anos aqui na região, as pessoas não sabem como é a dinâmica do local. O intuito é fazer com que a entidade se torne conhecida e que mais pessoas possam ajudar a causa”, conta

O jornalista ainda fala que o objetivo é mostrar as vidas que são recuperadas graças a esse projeto, além de mostrar a associação da região que está presente em oito estados e também no Haiti. 

“Voltar a trabalhar com Facopp é lembrar dos maravilhosos momentos que passei durante a graduação. E saber nos nunca deixamos de ser alunos , apesar de estar formado o aprendizado é constante, então ter essa parceira com certeza vai ser de muito aprendizado para mim também”, fala Fabio. 
 
Por ser seu primeiro estágio, Vinícius Coimbra que está no 2º termo de Jornalismo, fala que a expectativa é muito boa. “Sempre aprendemos muito com projetos e atividades complementares e o videodocumentário vai ajudar muito tanto na minha carreira  profissional quanto na minha vida pessoal, pois estamos imersos em uma outra realidade. Tenho certeza que será uma experiência muito válida”, conclui. 
    

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.