Última noite de ExPP conta com premiações para os projetos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

05/12/2019 às 15:44
Daniel Alvarez

O responsável por mediar as apresentações foi o professor Alexandre Bavaresco (Foto: Felipe Piquione)

A terceira e última noite do ExPP 2019 (Exposição de Projetos de Publicidade e Propaganda) foi realizada na quarta-feira (04/11), no Auditório Buriti. Na data, mais cinco projetos foram apresentados para que, ao final do evento, os professores pudessem se reunir e decidir quais seriam os projetos classificados em primeiro, segundo e terceiro lugar nas categorias de projetos acadêmicos e mercadológicos.

Para dar início ao evento, o professor Alexandre Bavaresco introduziu e explicou o funcionamento do ExPP, que se trata de uma forma de exposição de projetos que foram desenvolvidos pelos alunos durante o ano. “Acreditamos que a evolução no setor publicitário tem que ser natural”, aponta o docente.

Após a breve fala, Alexandre agradeceu aos presentes, entre familiares, professores e profissionais do mercado. Foi chamado ao palco então o primeiro grupo, que apresentou o projeto experimental Plano de Marketing Turístico. Para a execução do trabalho, as estudantes Eloisa Salomão dos Santos Favareto, Juliane Crisembeni Pedroso, Karine Monique da Silva, Letícia Silva Bonillo, Marina Corrêa de Andrade e Mylene Stephany Pires de Souza criaram a agência fictícia Sou+.

Por se tratar de um plano de marketing turístico, as discentes abordaram como cliente a cidade de Presidente Epitácio, ponto muito visado para turismo na região do Oeste Paulista. Apesar de ter optado por um município, as estudantes contam que abordaram o setor privado e não o público. “Os investimentos do setor privado têm sido muito mais altos, com melhorias no comércio para atrair mais turistas”.

Para a realizar o projeto, as graduandas trabalharam a interatividade e a informação. A primeira delas abordada pela plataforma Instagram, onde seriam postadas imagens que estimulam o público a interagir com a página. Já a segunda no Facebook, onde seriam publicadas curiosidades e informações sobre os pontos turísticos de Presidente Epitácio.

Em seguida foi a vez do graduando Leonardo Watanabe. Com seu projeto em formato de portfólio, ele trabalhou com a Rádio Onda Viva FM – Sempre Uma Boa Palavra, da Diocese de Presidente Prudente. Como proposta de seu trabalho, o estudante fez uma reformulação da identidade visual do produto.

Para isso, Leonardo dividiu o trabalho em três etapas: conhecimento do cliente, identificação dos problemas e reformulação da identidade visual. Como resultado final de seu projeto, o aluno desenvolveu uma nova logo e slogan para a rádio, com aspectos mais modernos, mas sem deixar de lado a tradicionalidade do produto.

E as apresentações também contaram com um produto audiovisual. Isso porque os graduandos Brunna Carolina Nogueira da Costa, Fabiana Maria Coutinho de Souza e Gabriel Oliveira Fernandes apresentaram o trabalho Relatório Técnico Científico de Produção Audiovisual da Série Fictícia “Imersos”.

Dividido em três etapas, a criação do trailer foi feita com base na pré-produção, produção e pós-produção. Na primeira delas, os graduandos dedicaram o tempo para a busca de atores, locação e criação da história com o roteiro. Na segunda buscaram recursos para maquiagem, figurinos, set, entre outros elementos utilizados no trailer. Por fim, na pós-produção, foi a hora da edição de imagens, correção nas cores para trazer diferentes tipos de sensações ao decorrer do vídeo.

Gabriel conta que foram três as cores mais utilizadas por eles na hora de definir a paleta: azul, para remeter melancolia; vermelho, paixão e perigo; amarelo, insegurança e loucura. Todas as etapas do projeto foram registradas no Instagram allaboutimersos.

Em seguida foi a vez do projeto B2M: Proposta de Uma Startup de Mídia Programática, desenvolvido por João Pedro Cruz, Lucas Medeiros dos Santos e Rafaela Nunes Cariati. O trabalho teve como objetivo cobrir problemas de mídia na área da publicidade.

A ideia dos graduandos foi criar uma plataforma na qual agências, produtores, freelancers e departamentos de marketing de empresas possam conversar entre si, para facilitar o contato e a prestação de serviços. “A mídia programática é restrita na nossa região e queremos abrir para mais gente, para assim tornar o mercado mais desenvolvido”, explica João.

Para finalizar as apresentações, a aluna Dayse Antoniolli Corte expôs o trabalho Portfólio Acadêmico – Projeto Jovens Guerreiros. A proposta da discente foi criar uma identidade visual para o encontro de jovens da Igreja Adventista, que une pessoas de 13 a 25 anos.

Como forma de executar o trabalho, a formanda utilizou referências bíblicas em vários pontos, como por exemplo nas cores utilizadas no logo: púrpura, cor bíblica que representa a sabedoria, conhecimento e relação com o divino; amarelo, para a alegria; laranja, energia e vitalidade; branco, pureza divina.

O projeto também trouxe como resultado um aplicativo para celular, que ainda está em etapa de desenvolvimento. Os resultados do trabalho podem ser acompanhados pelo Instagram jovensguerreiros77.

A mãe de Dayse, Renata Cristina Antoniolli Corte, 43, acompanhou de perto a apresentação da filha e diz se sentir orgulhosa. “Para mim é muito gratificante ver ela se apresentando hoje, pois ela sempre teve esse sonho de ser publicitária e hoje está realizando, fico muito feliz”.

OS PREMIADOS

Encerradas as apresentações, foi a hora de todos os professores se reunirem para decidir quais foram os melhores projetos apresentados nos âmbitos acadêmico e mercadológico, durante as três noites de ExPP.

Primeiro foram anunciados os estudantes que ocuparam as primeiras colocações na categoria acadêmica. No terceiro lugar ficou o projeto Narrativa em Primeira Pessoa: Uma Possibilidade Inexplorada, por Eduardo Zanfolin e Vivian Maldonato.

Para ocupar a segunda colocação acadêmica, foi chamado ao palco o estudante Gabriel Pinoti Fernandez Ferreira, responsável pelo projeto Marketing político nas mídias digitais: um estudo sobre possibilidades para as campanhas municipais de 2020 no Brasil.

E em primeiro lugar ficou o projeto Sustentabilidade e a reinvenção estratégica do fast fashion, por Gabriel Gonçalves Martins.

Na categoria de projetos mercadológicos houve quatro vencedores. Isso porque os projetos B2M: Proposta de Uma Startup de Mídia Programática, por João Pedro Cruz, Lucas Medeiros dos Santos e Rafaela Nunes Cariati e Rádio Onda Viva FM – Sempre Uma Boa Palavra, por Leonardo Watanabe, empataram e ocuparam juntos a terceira colocação.

No segundo lugar ficou o trabalho Portfólio Acadêmico – Projeto Jovens Guerreiros, desenvolvido por Dayse Antoniolli.

E, para fechar a noite de premiações, quem ocupou a primeira colocação de trabalhos mercadológicos foi o grupo composto por Brunna Carolina Nogueira da Costa, Fabiana Maria Coutinho de Souza e Gabriel Oliveira Fernandes, com o trabalho Relatório Técnico Científico de Produção Audiovisual da Série Fictícia “Imersos”.

Integrante do grupo classificado no primeiro lugar, Brunna revela que para ela foi uma surpresa a conquista do primeiro lugar. “Sinceramente eu não esperava. Foi uma surpresa, pois fizemos um trabalho bom, a gente sabia que era bom, mas não tínhamos a certeza de que era o suficiente para conquistar a primeira colocação”.

A ponto de se formar, a graduanda conta que a expectativa que fica é a de abertura de novas portas e que o trabalho apresentado contribua com sua carreira futuramente.

Orientador de dois dos projetos premiados, o professor Haroldo Filippi ‘Tato’ conta que fica muito contente ao ver seus orientandos conquistarem a premiação. “Como professor, eu gostaria que todos os projetos tivessem o devido reconhecimento. Mas a premiação serve também como uma motivação para os alunos que vão desenvolver projetos nos próximos ExPP”, conclui.

As fotos dos três dias de ExPP podem ser acessadas na galeria de fotos do Portal Facopp.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.