Concurso para alunos de Jornalismo homenageia João Gabriel Bressan

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

18/04/2017 às 15:00 – Atualizado em: 18/04/2017 às 19:54 
Beatriz Duarte e Sandra Prata

Cedidas

João Gabriel Bressan, que morreu em 2015, fez história no jornalismo regional

O Rotaract Club de Santo Anastácio (SP) em parceria com o Rotary Club promovem o “1º Prêmio Jornalista João Gabriel Bressan”. O concurso tem como objetivo homenagear o jornalista da região que morreu em 2015, além de fomentar a participação de estudantes de Jornalismo na escrita de textos jornalísticos da categoria online. A premiação acontecerá no dia 10 de junho, na sede do Rotaract Club da cidade.

De acordo com a coordenadora do curso de Jornalismo, Carolina Mancuzo, o aluno que participa de premiações gera portfólio para o seu currículo. Ela ainda afirma que espera que os textos venham com boas histórias sob aspectos diferentes do tema. “Minha dica é: busque bons personagens, é deles que sairá o ângulo que você deve tratar sobre o assunto”, explica.

“Os limites da liberdade de expressão nas redes sociais” é o tema escolhido para a reportagem. Podem concorrer todos os estudantes de Jornalismo da Facopp com interesse em webjornalismo. Serão contemplados os cinco melhores colocados. As premiações variam entre certificados e troféus, bolsas de estudos e publicação em veículo regional. 

Para participar, o estudante deve realizar o preenchimento dos dados pessoais no site do concurso até o dia 5 de maio, além de realizar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$15,00. A taxa deve ser paga via depósito bancário, ou na tesouraria do Rotaract que estará na universidade entre os dias 02 e 10 de maio nos intervalos dos períodos matutino e noturno para arrecadar a verba.

Os textos podem ser enviados até o dia 10 de maio. O resultado dos finalistas será divulgado no dia 2 de junho na página oficial da instituição. A banca avaliadora é composta pelos professores facoppianos Carolina Costa Mancuzo, Lêda Márcia, Thiago Ferri e Gabriela Araújo Correia.

Segundo a docente Gabriela Correia, o convite para a participação surgiu por sua familiaridade com a área do online. Para ela, a premiação é uma oportunidade para que o aluno exponha seu trabalho em um ambiente mais amplo, o que acarreta em um conteúdo melhor elaborado e pensado.

“É importante lembrar que a escrita do online é mais abrangente e pode chegar a vários públicos. Além de ser criativo, o estudante precisa colocar em prática todas as técnicas que aprendeu na faculdade”, comenta Gabriela.

Premiação

1° colocado – Um Curso EAD Extensão 100h, Publicação Revista Foco, Troféu, Bolsa 90% de desconto na matrícula em curso de pós-graduação na Unoeste, certificado de participação.
2° colocado – Um Curso EAD mídia digital, Bolsa 90% na matrícula em curso de pós-graduação na Unoeste, certificado de participação..
3° colocado – Uma Bolsa 90% na matrícula em curso de pós-graduação na Unoeste, certificado de participação.
4° colocado – Uma Bolsa 90% na matrícula em curso de pós-graduação na Unoeste
5° colocado – Uma Bolsa 90% na matrícula em curso de pós-graduação na Unoeste

João Gabriel Bressan

Nascido em 10 de dezembro de 1984 na cidade de Presidente Prudente (SP), João Gabriel cresceu em Primavera, no distrito de Rosana. Em 2002, iniciou a Faculdade de Comunicação Social (Facopp) e logo a aptidão para a televisão foi descoberta com o estágio na TV Fronteira, afiliada da Rede Globo, onde permaneceu por um período de um ano e dois meses.

Graduado na turma de 2006 foi no mesmo ano contratado, como repórter da sucursal de Dracena da mesma emissora. Também trabalhou na TV Diário, afiliada da Rede Globo em Mogi das Cruzes (SP) durante seis anos. Em 2012 o jornalista retornou para a região para atuar como editor-chefe e apresentador do SPTV 1ª edição.

Em setembro de 2015, João foi internado no Hospital Regional de Presidente Prudente, em decorrência a um estado grave de anemia. Sem melhoras durante o tratamento, foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), por 15 dias.

Carolina Mancuzo relembra o período em que trabalhou junto com o jornalista e comenta que além de um grande amigo, João Gabriel era um profissional exemplar. Segundo Carolina, ele sempre teve tudo para ocupar os maiores cargos dentro do jornalismo devido a sua extrema competência. “Foi uma perda irreparável. Os futuros jornalistas devem querer ter a mesma garra que ele teve na profissão”, finaliza.

O Rotaract Club de Santo Anastácio (SP) em parceria com o Rotary Club promovem o “1º Prêmio Jornalista João Gabriel Bressan”. O concurso tem como objetivo homenagear o jornalista da região que morreu em 2015, além de fomentar a participação de estudantes de Jornalismo na escrita de textos jornalísticos da categoria online. A premiação acontecerá no dia 10 de junho, na sede do Rotaract Club da cidade.

De acordo com a coordenadora do curso de Jornalismo, Carolina Mancuzo, o aluno que participa de premiações gera portfólio para o seu currículo. Ela ainda afirma que espera que os textos venham com boas histórias sob aspectos diferentes do tema. “Minha dica é: busque bons personagens, é deles que sairá o ângulo que você deve tratar sobre o assunto”, explica.

“Os limites da liberdade de expressão nas redes sociais” é o tema escolhido para a reportagem. Podem concorrer todos os estudantes de Jornalismo da Facopp com interesse em webjornalismo. Serão contemplados os cinco melhores colocados. As premiações variam entre certificados e troféus, bolsas de estudos e publicação em veículo regional. 

Para participar, o estudante deve realizar o preenchimento dos dados pessoais no site do concurso até o dia 5 de maio, além de realizar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$15,00. A taxa deve ser paga via depósito bancário, ou na tesouraria do Rotaract que estará na universidade entre os dias 02 e 10 de maio nos intervalos dos períodos matutino e noturno para arrecadar a verba.

Os textos podem ser enviados até o dia 10 de maio. O resultado dos finalistas será divulgado no dia 2 de junho na página oficial da instituição. A banca avaliadora é composta pelos professores facoppianos Carolina Costa Mancuzo, Lêda Márcia, Thiago Ferri e Gabriela Araújo Correia.

Segundo a docente Gabriela Correia, o convite para a participação surgiu por sua familiaridade com a área do online. Para ela, a premiação é uma oportunidade para que o aluno exponha seu trabalho em um ambiente mais amplo, o que acarreta em um conteúdo melhor elaborado e pensado.

“É importante lembrar que a escrita do online é mais abrangente e pode chegar a vários públicos. Além de ser criativo, o estudante precisa colocar em prática todas as técnicas que aprendeu na faculdade”, comenta Gabriela.

Premiação

1° colocado – Um Curso EAD Extensão 100h, Publicação Revista Foco, Troféu, Bolsa 90% de desconto na matrícula em curso de pós-graduação na Unoeste, certificado de participação.
2° colocado – Um Curso EAD mídia digital, Bolsa 90% na matrícula em curso de pós-graduação na Unoeste, certificado de participação..
3° colocado – Uma Bolsa 90% na matrícula em curso de pós-graduação na Unoeste, certificado de participação.
4° colocado – Uma Bolsa 90% na matrícula em curso de pós-graduação na Unoeste
5° colocado – Uma Bolsa 90% na matrícula em curso de pós-graduação na Unoeste

João Gabriel Bressan

Nascido em 10 de dezembro de 1984 na cidade de Presidente Prudente (SP), João Gabriel cresceu em Primavera, no distrito de Rosana. Em 2002, iniciou a Faculdade de Comunicação Social (Facopp) e logo a aptidão para a televisão foi descoberta com o estágio na TV Fronteira, afiliada da Rede Globo, onde permaneceu por um período de um ano e dois meses.

Graduado na turma de 2006 foi no mesmo ano contratado, como repórter da sucursal de Dracena da mesma emissora. Também trabalhou na TV Diário, afiliada da Rede Globo em Mogi das Cruzes (SP) durante seis anos. Em 2012 o jornalista retornou para a região para atuar como editor-chefe e apresentador do SPTV 1ª edição.

Em setembro de 2015, João foi internado no Hospital Regional de Presidente Prudente, em decorrência a um estado grave de anemia. Sem melhoras durante o tratamento, foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), por 15 dias.

Carolina Mancuzo relembra o período em que trabalhou junto com o jornalista e comenta que além de um grande amigo, João Gabriel era um profissional exemplar. Segundo Carolina, ele sempre teve tudo para ocupar os maiores cargos dentro do jornalismo devido a sua extrema competência. “Foi uma perda irreparável. Os futuros jornalistas devem querer ter a mesma garra que ele teve na profissão”, finaliza.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.