Ganhadores do 2º Prêmio Facopp de Fotografia comemoram as conquistas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

10/11/2018 às 02:56 – Atualizado em: 22/11/2018 às 11:11 
João Lucas Martins e Larissa Biassoti

Felipe Piquione

Flávio Conceição concorreu ao prêmio amador e ao seu lado estão os vencedores da categoria profissional Alexsandro Gonzaga, Marcel Sachetti e Bruno Fernandes (da esquerda para direita)

A curiosidade de saber quem vai te avaliar faz parte da nossa vida em vários momentos, da escola à faculdade, seja também pelo comportamento que é analisado dentro de casa. Agora qual deve ser o sentimento de passar por essa análise quando o resultado final pode ser um prêmio?

Seis participantes do 2º Prêmio Facopp de Fotografia passaram por essa ansiedade na noite desta sexta-feira (09/11), no Teatro César Cava no Campus I, e levaram o primeiro, segundo e terceiro lugar no evento, divididos entre as categorias profissional e amador.

O ganhador da primeira posição na categoria amador, Flávio Conceição, é de Londrina e presidente do fotoclube da cidade. Para ele, o tema não é tão fácil, mas que precisa ser discutido. “O país precisa mudar muito para se chegar até uma mobilidade urbana respeitável”, conta.
 
Lília Freitas Noronha e Henrique Hokamura ficaram com o segundo e terceiro lugar respectivamente. Os dois não puderam estar presentes no evento para receberem as premiações.


PROFISSIONAIS

Alexsandro Silvestre já é uma figura conhecida no Prêmio Facopp de Fotografia, na edição anterior que tinha como tema a comemoração do centenário de Presidente Prudente, ele deve duas fotos escolhidas dentre as 30 e este ano foi atrás da vitória.
 
O fotógrafo ficou em primeiro lugar entre os profissionais com a imagem O Motociclista e explica que sua foto foi feita em um período de chuva. “Eu não estava conseguindo fotografar por causa do tempo e é difícil você mostrar o tema, e sim querer eu passei no túnel e vi que daria uma foto legal, parei, estava com a câmera no carro, esperei o momento certo e na hora que passou algo legal eu fotografei”, recorda.

Alexsandro diz que o prêmio dá um incentivo aos fotógrafos. Desde a primeira edição, ele vê um espaço cada vez maior da fotografia na região.
 
Na segunda colocação quem levou o prêmio foi o fotógrafo Bruno Fernandes, que em 2017 ficou em terceiro lugar no 1º Prêmio com a foto Ontem à noite.  Dessa vez, Bruno foi até a capital Paulista para participar dessa edição com Idas e Vindas. “Quando eu descobri o tema do concurso, eu já imaginei fazer essa foto em São Paulo, porque mobilidade urbana de lá não tem igual no Brasil.”

Bruno Fernandes comemora o resultado e fala que no ano que vem vai marcar presença, porém, quer estar em primeiro lugar.
 
No ano passado Marcel Sachetti ficou na 24ª colocação entre as 30 fotos e em 2018 conquistou o terceiro lugar com o registro Sombra da Igualdade. “Eu vivo fotografia, é meu combustível, e às vezes é até um problema lá em casa”, brinca.
 
Ele conta que se dedicou durante três dias para fazer a foto. “Quando achei a luz própria, passei a tarde inteira na sarjeta esperando a cena de um ciclista parar. Essa foi na raça”.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.