“Mais do que papel, a revista é um jeito de fazer jornalismo”

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

30/04/2017 às 10:00 – Atualizado em: 28/04/2017 às 15:46 
Beatriz Duarte

Agência Facopp

Imagem Notícia

Edson Rossi é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e mestre em Jornalismo Digital pela Cásper Líbero e convidado da terceira noite da 22º Semana de Comunicação. Apaixonado pelo universo das revistas, trabalhou em grandes núcleos do Grupo Abril, como a Elle, Contigo, VIP e Ação Games. Atualmente é o consultor sênior de conteúdo da Wilde, empresa de consultoria e treinamento de comunicação interna. Na quarta-feira (10/05), falará sobre “Segmentação do conteúdo: a revista como modelo de jornalismo de longo prazo”.
 
A entrada de Edson para o mundo das revistas veio com o Curso Abril de Jornalismo, no qual foi convidado para trabalhar efetivamente com o grupo como responsável pela revista Placar, especialista em futebol. “Eu gostava de futebol, mas não era muito o que eu queria. Aceitei o emprego porque era novo de carreira. Depois quando eu tive a chance de trabalhar com o que eu desejava, já havia sido picado pelo lance de fazer revista, estava ‘viciado’ e não conseguiria mais voltar”, brinca.
 
Trabalhando 18 anos dentro das redações de revistas, é difícil acreditar quando o jornalista diz que esta não era a sua intenção no início. Ainda nos tempos de faculdade, o seu sonho era atuar no jornal impresso com reportagens do cenário político e econômico. Durante o terceiro ano da graduação, estagiou na assessoria de imprensa da Secretária de Economia de São Paulo, em que teve algum contato com o ramo que desejava. A oportunidade no impresso veio posteriormente, com o trabalho no Diário do Grande ABC, no qual permaneceu por sete anos, até 1997.
 
De volta ao Grupo Abril a partir de 1998, atuou em projetos especiais de cinema e cultura para veicular na revista Caras. Além disso, passou pela maioria das editorias da empresa, sendo elas: moda, celebridades, masculino e infantil. Em 2011, começou a trabalhar como diretor de marketing, na Elemidia, veículo de mídia digital. Hoje é responsável por desenvolver e propor mudanças de conteúdo interno para os clientes da Wilde.
 
Para os futuros jornalistas e publicitários que desejam trabalhar tanto com a revista física como a digital, Edson ressalta que a maior dica é consumir o máximo possível de revista diariamente, analisando como foram produzidas e seu conteúdo. “É mergulhar nesse universo, para compreender que fazer revista não é a mesma coisa que trabalhar com o hard news ou fazer notícia para o jornal”, aponta.
 
Aqui na Facopp
 
O jornalista pretende trazer para os participantes da Semana de Comunicação, dados sobre o mercado digital, com base na segmentação. Para ele, o conceito de conteúdo segmentado vem sendo uma saída para o nó que a profissão se encontra. Segundo Edson, a mensagem principal de sua palestra é mostrar como é necessário trabalhar focado na qualidade da produção de conteúdo para as revistas.
 
De acordo com o jornalista, o cenário digital fez com as revistas mudassem seu papel. Ele ressalta que dentro dos impressos, a revista foi a que mais sofreu com a chegada da internet, ainda mais do que o próprio jornal. Hoje o grande desafio destes veículos é continuar sendo uma marca relevante dentro do mundo digital. “Eu acredito que, mais do que papel, a revista é um jeito de fazer jornalismo”. Já no caso das revistas digitais, o futuro é tentar algo inovador dentro da web e criar uma audiência para continuar mantendo o modelo.
 
“Eu sempre penso que quanto mais a gente divide as informações relacionadas a conteúdo, mais a gente aprende. Fico feliz de levar informações e aprender também com os alunos, porque é uma via de mão dupla. Isso nos ajuda a fazer do conteúdo do jornalismo, algo melhor”, comenta o jornalista sobre as expectativas para palestrar na Facopp.
 
Fique ligado e não perca a chance de ganhar experiências e esclarecer dúvidas! A palestra acontece na quarta-feira (10/05) no Auditório Buriti, às 19h.

Para participar da 22º Semana de Comunicação da Facopp, é preciso fazer a inscrição pelo link. O preço para assistir todas as palestras é de R$60 e cada workshop custa R$15.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.