Publicitária fala sobre experiência em agências do Brasil

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

13/09/2018 às 06:51 – Atualizado em: 13/09/2018 às 11:15 
Bianca Móra, Heloísa Lupatini e João Lucas Martins

Clayton Andrade

O penúltimo dia (12/09), da 9ª Jornada de Comunicação contou com a palestra de Fernanda Batistella. A publicitária, formada pela Facopp, falou com os alunos sobre o mercado de trabalho, marketing  e atendimento ao consumidor.

Se fosse para resumir a palestra de Fernanda em três palavras, elas seriam: resiliência, contatos e arriscar. A primeira seria para conseguir enxergar o próximo. Com a segunda é possível chegar até o lugar que se almeja. A terceira reforça a confiança de mostrar o porquê de estar ali e ser um bom profissional ao mercado.

A palestrante contou um pouco da sua trajetória desde o tempo que fazia estágio em uma rádio comunitária em Álvares Machado até trabalhar em uma das principais agências do Brasil, a África.

Batistella comentou que mesmo quando trabalhava em empresas no interior buscava fazer contato com publicitários que já atuavam em grandes agências do país. Ela dá uma dica para os alunos: ”se tem algum profissional que você admire, entre em contato com ele. Eles são muito acessíveis, pessoas normais. Sei disso agora porque estou lá”. A publicitária acrescenta que não é preciso ter medo, mas é necessário ter muita vontade; não é preciso que saiba de muito sobre tudo, porém conhencer um pouco sobre cada coisa é imprescindível. 
 
Segundo Fernanda, os profissionais que saem do interior com destino à capital muitas vezes têm a vantagem de terem uma grande capacidade de adaptação, pois já deixaram muita coisa para trás. A publicitária conta que ouviu essa dica de sua primeira chefe em São Paulo.

Ela também comenta que nunca sonhou em atender clientes como Avon, Gol Linhas Aéreas e até o Google, mas que só chegou as essas contas após atender clientes menores e que foi aprendendo com cada profissional com quem trabalhou.
 
Para a publicitária, quem realmente entende de uma marca são os consumidores e, por isto, é necessário desenvolver estratégias que agradem esse público. “A gente ter sensibilidade é muito importante, é algo que realmente faz a diferença. Vemos muitas causas, muita gente falando sobre feminismo, preconceito e as marcas  saberem se posicionar também é a parte fundamental para mostrar o quão humana ela está sendo. As marcas precisam ter um equilíbrio para conseguir conversar com todos os tipos de públicos, desde o mais desconstruído até o mais tradicional. Ter um diálogo mais humano, faz muita diferença até nos resultados depois”, comenta Fernanda. 
 
Para Dhiego Saraiva, professor de Publicidade e Propaganda da Facopp, um bom atendimento é parte importante de uma estratégia de marketing, uma vez que fideliza o cliente. “A empresa precisa ter uma estratégia de marketing não só no momento da venda como também no pós-venda para que exista um ciclo do cliente com a empresa. Ou seja, ele vai comprar o produto, utiliza o mesmo e retorna para fazer a recompra.”


COM QUEM JÁ TRABALHOU 

Fernanda Batistella já passou em agências como a Luz Própria, Mutato, AMPFY e Africa. Trabalhou também na equipe da Regina Festas. Atualmente está na New Content, alocada na empresa de cosméticos Natura. Além do seu atual local de trabalho, Fernanda teve a experiência de trabalhar para Gol, Avon e Google, Budweiser, azeite Andorinha, Heinz e Bradesco.


O QUE ACHARAM? 
 
Para o aluno do 4º termo de Publicidade e Propaganda, Vitor Gardenal, a palestra foi esclarecedora .“O que eu mais gostei da palestra foi ela contando da trajetória profissional. Foi a  mensagem de que a gente não precisa começar nas melhores agências, não precisamos saber tudo para poder trabalhar com marcas grandes, fazer um trabalho, inclusive com pouco dinheiro, acho que é o maior desafio”.

Para Guilherme Jozima, discente do 3º termo de Publicidade, a palestra serviu de inspiração. “Achei interessante que ela falou da experiência dela, principalmente  em cidades grandes, porque muita gente daqui pretende ir trabalhar lá, isso conta bastante como inspiração”. 


CONVIDADO ESPECIAL

O evento também contou com a participação de Gilson Garcia de Oliveira, ganhador do 1º Prêmio Facopp de Fotografia, que falou sobre o que a participação no evento o proporcionou. “Quando fui entregar um calendário com a foto vencedora ao dono da propriedade rural onde a foto foi tirada, e o lavrador chorou muito e isso é gratificante, ver que o seu trabalho mobilizou alguém”. 

Gilson já se inscreveu para o 2º Prêmio Facopp de Fotografia. E você, já garantiu a sua vaga? Ainda não? Então corre no site e se inscreva! 

E não se esqueça de avaliar a 9ª Jornada de Comunicação. Isso irá ajudar a Facopp a melhorar os próximos eventos e você ainda pode ganhar brindes. 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Portal FACOPP | Faculdade de Comunicação Social "Jornalista Roberto Marinho" de Presidente Prudente | © 2019 Todos os direitos reservados.